Arroaz com a sua criação jogando na ria de Arousa

  /  Sem categoria   /  Arroaz com a sua criação jogando na ria de Arousa

Arroaz com a sua criação jogando na ria de Arousa

Arroaz com a sua criação jogando na ria de Arousa

Os arroaces ( Tursiops truncatus) são os cetáceos mais costeiros e singelos de observar nas nossas rias. Podem chegar medir entre os 2 metros e os 3,5 metros.

Entre todos os golfiños , é a espécie mais comum, mais conhecida e sociable já que adopta achegar à costa e entrar no interior das rias.

Existe uma povoação estável nas Rias Baixas da Galiza, das que aproveita os recursos já bem para se alimentar ou para criar aos cachorros em águas mais calmas. Adoptam formar grupos ou manadas dentre 15 ou 30 indivíduos, tratando-se habitualmente de fêmeas e criações.

Alimenta-se sobretudo de cefalópodos, peixes e mesmo de algum crustáceo.

As sua coloração é preta no dorso que se vai fazendo mais clara nos costados e tem o ventre claro. O seu fuciño é mais curto que o do golfiño comum ( Delphinus delphis) que vive em grandes grupos nas águas costeiras exteriores. São mais oceánicos. É sobretudo na Primavera quando estes últimos entram nas rias. De menor tamanho que o arroaz, não sobrepasa os 2, 30 metros de comprimento.

O arroaces estão presentes em águas quentes e suavizadas de todo mundo, em todos os oceanos excepto no *Ártico e no Antártico. Uma imagem de Dieguito Ge Eme.

Também te pode interessar:

Mamíferos marinhos do Parque Nacional. Apresentação

Faz clique sobre a imagem para alargá-la:

 

Imagem:

© Dieguito Ge Eme

Author: produccion

Share This